Mamííí

É assim que meu filho de 15 meses começou a me chamar desde ontem. Achei tão lindo!

Fico olhando ele dormindo do meu lado, pensando e sentindo tudo o que a maternidade pode proporcionar.

Fico encantada com o DOM da vida. “Putz, fui eu quem gerou esse lindo ser!” Isso é simplesmente demais!

O amor  que passei a sentir só quem sabe é quem é MÃE. E digo com letras maiúsculas sim, pois tenho visto várias mães que não honram esse lindo nome que receberam. Esse amor me consome, transborda, sai das entranhas… É um sentimento que me aproxima de Deus!

Passei a conviver de perto com o medo da perda, com intensa preocupação, com falta aguda de descanso… Mas tudo vale a pena quando ele me olha, me dá um beijo, um abraço (ô,ô,ô) e me chama de mamãe! Só tenho a agradecer a Deus por me escolher pra criar um ser tão iluminado e deixá-lo prontinho pra encarar o mundo. Abraço essa responsabilidade com toda a força!

Se eu não fosse mãe, seria metade de mim.

Ah, e num post tão profundo sobre maternidade, não poderia deixar de falar da minha mãe, Joilza. Só depois do meu filho é que eu vi o quanto ela é TUDO! Essencial, amiga, meu porto seguro… Amo com minha alma!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: